Teve lugar no dia 28 de dezembro, o 2º Conselho Nacional de Estatística de São Tomé e príncipe sob a presidência de Sua Excelência o Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul Senhor Dr. Osvaldo Vaz, na qualidade de Presidente do Conselho Nacional de Estatística, em que estiveram presentes, 36 Convidados incluindo Vogais do Conselho Nacional de Estatística, representantes da UNFPA, bem como representantes de outras entidades nacionais e internacionais.

Durante a reunião debateu-se em torno dos seguintes temas: apresentação do Regulamento Interno do Conselho Nacional de Estatística; Palestra sobre o aproveitamento dos dados para fins estatísticos dos atos administrativos da administração Pública; aprovação da Estratégia Nacional de Desenvolvimento Estatístico (ENDE 2018-2021); proposta do Relatório Balanço do Sistema Estatístico Nacional do ano 2018 e a proposta de Protocolo de entendimento entre INE e Camara do Comércio, INE e o Instituto de Segurança Social.

No final da reunião aprovou-se as deliberações abaixo descriminadas:

  • Estratégia Nacional de Desenvolvimento Estatístico (ENDE 2018-2021);
  • Relatório Balanço do Sistema Estatístico Nacional (2018);
  • Protocolo de Entendimento entre INE e a Camara do Comércio, INE e o Instituto de Segurança Social.

Termina hoje a formação no domínio da Estatística que teve a duração de 15 dias (de 4 a 22 de Março de 2019), uma formação no domínio da Estatística foi dirigida aos técnicos do INE e-técnico do SEN, ministrada pelo consultor Dr. António Reis Duarte.

Esta formação teve por objetivo conter os seguintes tópicos: estatística descritiva, demografias, conceitos e nomenclaturas estatísticas, relatórios -IPC, contas nacionais e por último análise e interpretação dos dados.

O fechamento da formação contou com a presença do Sr. Carlos Bonfim da AFAP e do Sr. Mário Coelho diretor interino do INE, que na sua intervenção enfatizou que “é um motivo de satisfação para os educadores do SEN com esta formação, pois Estamos implementando o projeto de institucionalização do Instituto Nacional de Estatística que é financiado pelo Banco Mundial. "

Buscamos com uma mesma coisa a oportunidade de fazer uma pesquisa sobre a qualidade de todos os seus dados sobre o exercício, o governo, os indivíduos, as universidades, os estudantes, as ONGs, as organizações internacionais e as cidadãs e gerais.

O INE acolheu, de 2 à 7 de dezembro, a missão de avaliação pelos Pares, que teve como objetivo avaliar o Sistema Estatístico Nacional de São Tomé e Príncipe. A missão foi constituída pelo Sr. Celso Soares, Vice-presidente do Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde (INECV) em representação de Cabo Verde e Presidente da Missão, a Sra. Alda Rocha Directora do Departamento de Cooperação do Instituto Nacional de Estatística de Cabo de Moçambique (INEMZ), Sr. José Awong Alene, Observador da Comissão da União Africano e o Sr. António Duarte, Consultor da Expertise France.

As avaliações pelos pares, é uma iniciativa do PARIS21, baseadas nos Princípios Fundamentais de Estatísticas Oficiais das Nações Unidas; Carta Africana de Estatísticas apoiados nos princípios de independência profissional, qualidade, mandatos e recursos, divulgação, proteção de confidencialidade, coordenação e cooperação;  Estratégia para a Harmonização de Estatísticas em África e a "Lista de verificação ENDE" desenvolvida pelo Secretariado da iniciativa PARIS21.

 O foco das avaliações pelos pares incidiu-se sobre o funcionamento do Sistema Estatístico Nacional (SEN), a sua organização, planeamento estratégico, serviço aos utilizadores e sustentabilidade. Durante o processo de avaliação a missão reuniu-se com o ministro de tutela do INE, Sua Excelência o Senhor Ministro das Finanças e Economia Azul; a Diretora geral e os principais colaboradores do INE; e os produtores de estatísticas dos Ministérios através dos seus departamentos de estatística como órgão delegados do INE; outros fornecedores de dados e os potenciais utilizadores de dados estatísticos.