Recenseamento de 2001

    Dinâmica Natural

  • Tendo em conta os objectivos do censo 2001, a fecundidade e a mortalidade em S. Tomé e Príncipe consideram-se entre as grandes variáveis a serem avaliadas e analisadas, variáveis essas que são na maioria das vezes de natureza quantitativa, isto é, expressa em números. Os dados sobre a fecundidade e mortalidade foram obtidos através de algumas quest&otile;es inseridas no questionário dirigido a pessoas do sexo feminino com 12 e mais anos e ao agregado familiar. ler mais>>>

    Agregado Familiar

  • A família constitui, em qualquer parte do mundo, o núcleo de base da sociedade e um elemento essencial para a compreensão dos mecanismos demográficos e das suas inter-relações com o desenvolvimento socio-económico do país. ler mais>>>

    Migração

  • Desde a colonização, S. Tomé e Príncipe esteve de forma directa ou indirecta, associada a movimentos migratórios externos que determinaram o essencial da composição e da estrutura actual da população do país. A análise aprofundada dos fluxos migratórios implica o conhecimento das características demográficas e sócio-económicas dos migrantes. ler mais>>>

    Estrutura da População

  • O conhecimento das características demográficas duma população é um elemento fundamental em qualquer país. Actualmente é praticamente impossível organizar uma sociedade, sem que existam dados sobre o conjunto de pessoas que a constituem. Só é possível projectar o futuro, quando se possui um bom conhecimento da população e da sua estrutura. ler mais>>>

    População Deficiente

  • A população dos deficientes faz parte do conjunto das populações particulares que se deve ter em conta aquando dos recenseamentos. O interesse e a importância de um estudo desta categoria de população reside no facto de que para planificar o desenvolvimento socio-econémico é necessário ter em consideração as populações mais vulneráveis. ler mais>>>

    Habitação

  • Fazer hoje o diagnóstico da situação da habitação em S.Tomé e Príncipe, implica reconhecer ordens de magnitude, tanto das carências, como do esforço económico que representaria atendê-las, tendo em conta o contexto socio-económico que lhes deu origem. Tradicionalmente apresentam-se os números isolados desse contexto e mostram-se como um facto global e consumado... ler mais>>>

    Características Economicas

  • A distribuição da população santomense em grandes grupos etários em Agosto de 2001, reflecte a característica geral da população que é jovem, com grande concentração da população dos 0 aos 19 anos da ordem dos 55%. ler mais>>>

    Educação

  • A Educação é um dos sectores muito importante da vida sócio-económica de um país. É um sector muito transversal porque diz respeito, de uma forma ou de uma outra, a todos os cidadãos. O desenvolvimento mais ou menos acelerado de uma sociedade depende em grande medida dos esforços que forem consentidos em prol da educação. Confrontados, porém, com graves problemas de ordem económica e financeira, os países subdesenvolvidos têm investido pouco na educação e na formação dos seus quadros. ler mais>>>

    Criança e Adolescentes

  • Os dados do RGPH 2001 atestam que em São Tomé e Príncipe as crianças com menos de 18 anos de idade representam mais de metade da população (55%). Para o país, esse facto traduz-se, em termos pragmáticos, em acrescidos problemas em matéria de protecção, de sobrevivência e de desenvolvimento das crianças em particular, que são as principais vítimas dos grandes problemas sóciais e económicos duma nação. ler mais>>>

    Mulher

  • A contribuição que as mulheres vêm dando no processo de desenvolvimento é muitas vezes subestimada, tendo em conta que variadíssimos estudos e relatórios tratam a população como neutra e assim, são escamoteadas as diferenças entre a situação dos homens e a das mulheres em vários domínios da vida política, socio-económica e cultural do país. Ler mais>>>

Copyright © INE-STP 2013. Todos direitos reservados